Notícia

blog

Comunidade de Catumbo beneficia de consultas grátis

A população do Bairro Catumbo, na comuna da Barra do Dande, município com o mesmo nome, beneficiou no domingo de consultas médicas gratuitas, uma iniciativa do Standard Bank de Angola (SBA), em parceria com a Associação de Médicos Pela Vida e a Cárie Not. O programa levou ao Catum-bo 20 médicos, de várias es-pecialidades, como pediatria, estomatologia, cardiologia e otorrinolaringologia.

Segundo Jelson Cambuiso, coordenador para a área de Responsabilidade Social do Standard Bank, a actividade enquadra-se no projecto “He-róis de Azul”, que atende a educação e a saúde. “A nossa pretensão é atender mais de 1.500 pessoas, entre crianças e adultos”, afirmou.

Jelson Cambuiso informou que o projecto escolhe preferencialmente as comunidades que tenham dificuldades de acesso aos serviços de saúde e educação. “Levamos a essas comunidades profissionais de saúde, garantimos assistência médica e medicamentosa, aconselhamento e, se necessário for, procedemos, com a nossa ambulância, a transferência de pacientes para unidades hospitalares mais próximas”, referiu.
Na oportunidade, Jelson Cambuiso disse sentir-se chocado ao constatar que um bairro próximo de estações eléctricas nunca teve energia nem água potável, mesmo localizado a escassos metros do rio Dande. Para Joaquim Gouveia, coordenador da Associação de Médicos Pela Vida, é necessário que todas as pessoas contribuam com alguma coisa para ajudar os que mais precisam. “Como médicos, pensamos em oferecer a quem precisa os nossos serviços grátis e é por isso que abraçamos esta causa filantrópica”, afirmou.
As comunidades, ainda de acordo com Joaquim Gouveia, são escolhidas mediante o grau de dificuldades e a localização geográfica. 
“É triste constatar que pessoas sobrevivem com mui-to pouco e que padecem de enfermidades por não terem acesso a serviços de saúde, nem mesmo dinheiro para o pagar”, afirmou, salientando que "é gratificante quando conseguimos ver o sorriso dos pacientes, quando são atendidos".

Leia mais em: